Agência mundial antidoping suspende laboratório de Pequim

Por Brenda Goh

XANGAI (Reuters) - A Agência Mundial Antidoping (Wada) suspendeu a certificação do laboratório antidoping nacional de Pequim na quinta-feira, semanas após o início de uma investigação sobre acusação de uso de substâncias proibidas na natação chinesa.

O laboratório, suspenso por um máximo de quatro meses, tem 21 dias para apelar contra a decisão à Corte Arbitral do Esporte (CAS).

"A suspensão, que tem efeito imediato, proíbe o laboratório de realizar quaisquer atividades antidoping relacionadas à Wada, incluindo todas as análises de amostras de urina e sangue", informou a Wada em comunicado.

A agência nacional antidoping da China informou que o laboratório enviou "dois resultados falsos negativos" durante testes cegos realizados pela Wada em 2015.

"O laboratório irá resumir trabalhos de testes após mudanças que serão revistas pela Wada", informou a agência em comunicado em seu site oficial.

Segundo a agência de notícias estatal chinesa Xinhua, o laboratório informou que os resultados falsos negativos foram causados por "erros técnicos" porque ainda não atualizou métodos de teste para encontrar as configurações mais recentes da Wada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos