Avião de guerra sírio cai perto de Damasco; Estado Islâmico diz ter capturado piloto

BEIRUTE (Reuters) - Combatentes do Estado Islâmico capturaram o piloto de um avião de guerra sírio que caiu a sudeste de Damasco nesta sexta-feira, disse uma agência de notícias ligada ao grupo militante.

O piloto, chamado Azzam Eid, de Hama, foi capturado depois de chegar de paraquedas perto do lugar onde o avião dele havia caído ao leste de Damasco”, afirmou a agência de notícias Amaq.

Citando uma fonte militar síria, a agência de notícias russa Interfax disse que o avião pertencia à Força Aérea síria e caiu por causa de uma falha técnica.

"O avião havia passado recentemente por reparos. Não houve ataques do solo. Ele caiu por causa de uma falha técnica. O piloto se ejetou”, disse a Interfax, citando a fonte.

Segundo a agência, o avião era um Mig-23.

Um vídeo divulgado online pela Amaq declara que o avião foi alvejado e derrubado pelo grupo jihadista nesta sexta.

As imagens mostram combatentes do Estado Islâmico ao redor dos destroços queimados e numa parte dos destroços havia uma bandeira síria pintada. A Reuters não conseguiu verificar o vídeo de forma independente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos