Bombardeio de governo sírio mata 13 em cidade controlada por rebeldes perto de Damasco

BEIRUTE (Reuters) - Aviões de guerra sírios bombardearam a cidade de Douma, controlada pelos rebeldes, próxima a Damasco, no sábado, matando 13 pessoas, enquanto bombardeios aéreos de áreas controladas por rebeldes em Aleppo, no norte, deixaram ao menos 17 mortos ou feridos, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

Os mediadores têm se esforçado para conseguir que combatentes na guerra de cinco anos da Síria respeitem um cessar-fogo de 27 de fevereiro para permitir que as negociações de paz em Genebra possam prosseguir. Cada lado acusa o outro de violar a trégua.

O Observatório com base na Grã-Bretanha, que monitora a guerra síria através de uma rede de contatos, disse que o número de mortos em Douma, a nordeste da capital, deve subir, pois mais de 22 pessoas ficaram feridas, algumas gravemente.

Também houve conflitos perto de Bala, ao sudeste de Damasco, entre grupos rebeldes e forças do governo com mortes em ambos os lados, disse o Observatório.

(Reportagem de Lisa Barrington)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos