Forças iemenitas e emiradas apreendem cidade portuária das mãos da Al Qaeda

ADEN/KUWAIT (Reuters) - Soldados iemenitas e emirados apreenderam o porto de Mukalla, no Iêmen, de combatentes da Al-Qaeda neste domingo, privando o grupo do porto que lhe permitiu acumular uma fortuna em meio à guerra civil do país.

Cerca de 2 mil soldados iemenitas e emirados avançaram para Mukalla, disseram funcionários e moradores locais, assumindo o controle de seu porto marítimo e aeroporto e estabelecendo postos de controle em toda a cidade costeira do sul.

Houve pouca luta depois de uma aliança em grande parte de forças do golfo árabe e iemenitas mobilizarem suas forças em subúrbios de Mukalla. Os militantes podem ter escolhido sair pacificamente.

Moradores disseram que clérigos e membros de tribos locais tinham mantido conversações com o grupo no início do dia para sair em silêncio e que os combatentes se retiraram para o oeste para a província vizinha de Shabwa.

Mukalla tem sido o centro de um rico mini-estado que a Al Qaeda ergueu na Península Arábica ao longo do ano passado, uma vez que assumiu o controle de uma faixa de quase 600 quilômetros da costa do Mar Arábico.

(Por Mohammed Mukhashaf e Mohammed Ghobari)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos