Setor automotivo defenderá maior flexibilidade trabalhista, diz novo presidente da Anfavea

SÃO PAULO (Reuters) - O setor automotivo vai defender uma maior flexibilização das leis trabalhistas no Brasil para evitar um número ainda maior de demissões, disse nesta segunda-feira o novo presidente da Anfavea, associação que representa as montadoras de veículos, Antonio Megale.

"Estamos muito preocupados em manter o nível de emprego e evitar novas demissões, também porque temos uma mão-de-obra especializada é não é bom perdermos esses profissionais", disse ele a jornalistas.

(Por Aluisio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos