US Steel lança campanha para barrar importações de aço da China para os EUA

NOVA YORK (Reuters) - A US Steel disse nesta terça-feira que lançou uma campanha para impedir importações dos maiores produtores de aço da China, na atitude mais ousada de uma empresa norte-americana até agora, conforme a disputa comercial com o maior produtor de metal industrial do mundo se intensifica.

Em queixa à Comissão Internacional de Comércio dos EUA (ITC, na sigla em inglês) a produtora norte-americana de aço pediu que os reguladores investigassem fabricantes chineses por alegações de conspiração para fixar preços, roubo de segredos comerciais e evasão de impostos comerciais por falsificação de marcas.

"Temos dito que usaríamos todas as ferramentas disponíveis para lutar por um comércio justo", disse o presidente e diretor executivo Mario Longhi, em declaração.

"Com a queixa de hoje, nós continuaremos o trabalho que temos perseguido através de compensações e casos antidumping e pressionando por cada vez mais reforço nas leis existentes".

A petição acontece uma semana após autoridades dos EUA alertarem que o maior produtor mundial deve adotar medidas para reduzir o excesso de produção ou enfrentar possíveis ações comerciais conforme o setor global enfrenta excesso de oferta crônico e demanda lenta.

(Por Josephine Mason e David Lawder)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos