Áustria planeja cerca para bloquear imigrantes na fronteira com Itália

VIENA (Reuters) - A Áustria apresentou nesta quarta-feira planos para erguer uma cerca num ponto de cruzamento de fronteira com a Itália, uma ligação vital entre o norte e o sul da Europa, intensificando o impasse entre os dois países sobre como lidar com a crise imigratória.

Imigrantes estão cruzando o Mediterrâneo da África para a Itália em quantidades crescentes, e a Áustria diz que Roma deve impedi-los de seguir viagem rumo ao norte da Europa, ou o país terá que iniciar controles de fronteira na passagem de Brenner, nos Alpes.

No entanto, com os preparativos austríacos para implementar controles já em andamento, o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, afirmou que a medida da Áustria era “descaradamente contra as regras europeias, além de ser contra a história, contra a lógica e contra o futuro”.

A polícia austríaca na província alpina de Tyrol, que faz fronteira com o norte da Itália, apresentou planos para instalações em Brenner com o objetivo de checar veículos e processar imigrantes, para o caso de controles formais serem iniciados.

As obras em algumas das instalações de Brenner começaram há duas semanas, mas a dimensão delas não era sabida.

"Uma cerca de segurança de 370 metros é planejada”, disse um porta-voz da polícia de Tyrol, acrescentando que a cerca era parte de um sistema cujo objetivo era canalizar os imigrantes no vale em que fica a passagem de Brenner.

(Por Kirsti Knolle e Francois Murphy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos