Coreia do Norte fará congresso de partido governista em 6 de maio

Por Jack Kim

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte comunicou nesta quarta-feira que o governista Partido dos Trabalhadores fará um congresso a partir de 6 de maio, pondo fim ao silêncio sobre a data da primeira conferência desse tipo em 36 anos.

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, deve aproveitar o congresso para reforçar sua liderança e adotar formalmente sua política, conhecida como "Byongjin", de incentivar o desenvolvimento econômico e a criação de armas nucleares simultaneamente.

O último congresso partidário da Coreia do Norte aconteceu em 1980, quando Kim ainda nem havia nascido. Terceiro membro de sua família a conduzir o país, acredita-se que Kim tem 33 anos de idade.

A política "Byongjin" vem na esteira da "Songun", ou "punho militar", política adotada por seu pai, e da "Juche" de seu avô, todas versões norte-coreanas de uma ideologia fundadora que mistura marxismo e nacionalismo extremo.

O congresso do partido, anunciado pela primeira vez em outubro, será observado com atenção para que se conheça qualquer nova política e se saiba como o isolado país irá apresentar seu intuito de desenvolver armas nucleares.

(Reportagem adicional de Ju-min Park em Seul)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos