EUA mostram "profunda" preocupação por lei chinesa sobre ONGs estrangeiras

WASHINGTON (Reuters) - A Casa Branca informou nesta quinta-feira que os Estados Unidos estão "profundamente preocupados" com a nova lei da China sobre gerenciamento de atividades de organizações não-governamentais estrangeiras, que vai afrouxar o espaço para a sociedade civil na China.

O parlamento da China aprovou uma lei sobre ONGs estrangeiras, relatou a agência de notícias estatal Xinhua. A lei é parte de uma grande quantidade de legislações, incluindo a lei antiterrorismo chinesa, feitas em meio a uma nova tentativa de reprimir dissidentes do governo do presidente Xi Jinping.

A Casa Branca pediu para a China respeitar direitos e liberdades de defensores dos direitos humanos, jornalistas, grupos comerciais, e outros, "incluindo proteger a capacidade de ONGs estrangeiras operarem na China", disse o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional Ned Price, em comunicado.

(Reportagem de Timothy Gardner)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos