Manifestantes de esquerda se enfrentam com a polícia alemã; 400 são presos

STUTTGART (Reuters) - Manifestantes de esquerda queimaram pneus e lançaram pedras neste sábado na Alemanha, em confrontos com a polícia e seguidores do partido de direita AfD, que celebrava seu congresso na cidade de Stuttgart, disseram as forças de segurança.

Cerca de 400 manifestantes foram presos, de acordo com um porta-voz da polícia.

Os manifestantes bloquearam temporariamente as vias de acesso ao local de conferência anual da Alternativa para a Alemanha (AfD, na sigla em alemão), um partido que se opõe à imigração. Os participantes do protesto queimaram pneus e formaram correntes humanas, disse o porta-voz policial Lambert Maute.

Os enfrentamentos realçam as recentes tensões sociais na Alemanha, após a chegada de mais de um milhão de imigrantes no ano passado, muitos dos quais fugiram desesperados dos conflitos e das crises do Oriente Médio.

(Reportagem de Michael Nienaber e Tina Bellon)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos