Rosberg diz que pole na Rússia não é uma questão de sorte

SOCHI, Russia (Reuters) - Os adversários de Nico Rosberg na Fórmula 1 facilitaram a vida do líder do campeonato no treino classificatório para o Grande Prêmio da Rússia, neste sábado, mas o alemão não se considera particularmente sortudo.

Enquanto Rosberg classificou-se na pole position com uma volta tão mais rápida que do resto do grid que ele saiu do seu carro antes do fim da sessão, o companheiro Lewis Hamilton enfrentou problemas no motor pelo segundo fim de semana de corrida consecutivo.

Sebastian Vettel, da Ferrari, o tetracampeão que se classificou em segundo, caiu para o sétimo lugar por punição por ter trocado a caixa de câmbio.

"Claro, estou ciente do azar dos meus competidores diretos, mas acho que é mais eles tendo má sorte", disse Rosberg, ao ser questionado se estava se sentindo com sorte.

O alemão, que persegue a sua sétima vitória consecutiva, será acompanhado na primeira fila pelo finlandês Valtteri Bottas da Williams.

(Por Alan Baldwin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos