Planetas recém-descobertos podem reforçar busca por vida além da Terra

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL, EUA (Reuters) - A descoberta de três planetas que circulam em volta de uma estrela pequena e fraca pode aumentar as chances de se encontrar vida além da Terra, disseram astrônomos nesta segunda-feira.

Os planetas do tamanho da Terra estão orbitando em volta da sua estrela mãe, localizada na constelação de Aquário e relativamente perto da Terra a 40 anos-luz, a uma distância que proporciona a quantidade certa de calor para haver água líquida na superfície deles, uma condição que os cientistas acreditam que pode ser crítica para gerar vida.

A descoberta representa a primeira vez em que planetas são encontrados orbitando um tipo comum de estrela conhecida como anã ultrafria, afirmaram os cientistas.

“Se nós queremos encontrar vida em outros lugares do universo, esse é o lugar em que devemos começar a procurar”, declarou Michael Gillon, da Universidade de Liège na Bélgica, principal autor da pesquisa publicada no periódico Nature, em comunicado.

A descoberta foi feita usando o europeu Pequeno Telescópio de Trânsito de Planetas e Planetesimais, ou TRAPPIST, localizado no Chile.

O telescópio descobre planetas ao buscar por mudanças na quantidade de luz vinda de uma estrela, que pode ser causada pela passagem de um planeta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos