Dilma diz que momento crítico no país não afetará realização da Olimpíada

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira que o Brasil vai oferecer a melhor recepção a todos os atletas e visitantes dos Jogos Olímpicos Rio 2016 apesar de viver um momento "verdadeiramente crítico" em sua história.

Dilma, que enfrenta um processo de impeachment no Congresso que pode resultar em seu afastamento do cargo antes do início dos Jogos em agosto, discursou em cerimônia de acendimento da tocha olímpica no Palácio do Planalto antes do início do revezamento da chama pelo país.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos