Petrobras vende ativos na Argentina e no Chile por US$1,4 bi

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras anunciou nesta terça-feira a venda de ativos de petróleo e distribuição de combustíveis na Argentina e no Chile pelo valor total de aproximadamente 1,4 bilhão de dólares, dando prosseguimento ao seu programa de desinvestimentos.

A estatal brasileira concluiu a venda de sua participação total na Petrobras Argentina, de 67,2 por cento, para a Pampa Energía por 892 milhões de dólares. A negociação entre as duas companhias já havia sido anunciada anteriormente.

A Petrobras Argentina está entre os quatro maiores produtores de petróleo e gás do país vizinho e tem amplas operações de distribuição.

A Petrobras ressaltou que vai manter 33,6 por cento da concessão de Rio Neuquen, "com grande potencial de produção de gás natural", na Argentina, e de 100 por cento dos campos de gás natural de Colpa Caranda, na Bolívia.

A Petrobras disse também que acertou a venda de 100 por cento da distribuidora de combustíveis Petrobras Chile Distribución para a empresa de private equity Southern Cross Group, por cerca de 490 milhões de dólares. O valor final da operação vai depender de ajustes de preços entre as duas empresas.

A Chile Distribución possui 279 postos de serviço, além de oito terminais próprios de distribuição e operações em 11 aeroportos, entre outros ativos.

Os dois negócios dependem de aprovação de órgãos reguladores de mercado, destacou a Petrobras.

As vendas ajudam a Petrobras, que tem sofrido com os baixos preços do petróleo, baixas contábeis e investigações de corrupção, a cumprir sua meta de obter ao menos 14 bilhões de dólares com desinvestimentos neste ano para reduzir a dívida.

(Por Gustavo Bonato)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos