Turquia vai dispensar vistos para países da UE em cumprimento a acordo imigratório

Por Tulay Karadeniz

ANCARA (Reuters) - A Turquia concordou em acabar com as restrições para a emissão de vistos para todos os cidadãos da União Europeia, incluindo cipriotas gregos, removendo um dos últimos obstáculos para obter a liberação de vistos de entrada na Europa para seus próprio cidadãos.

No final da segunda-feira o gabinete turco aprovou a dispensa de vistos para visitantes de todos os 28 Estados membros da UE assim que a Europa suavizar seus próprios requerimentos para os turcos, de acordo com uma decisão publicada no Diário Oficial do país.

Embora a dispensa de visto se aplique a cipriotas gregos, uma autoridade turca disse à Reuters que isso não equivale ao reconhecimento de Chipre por Ancara.

Liberalizar as regras de vistos para a Turquia, nação muçulmana de 79 milhões de habitantes, é uma tema polêmico entre membros da UE, mas Bruxelas está levando a discussão adiante para manter em vigor um acordo imigratório que deve aliviar a pior crise imigratória do continente desde a Segunda Guerra Mundial –a Turquia tem acolhido de volta imigrantes rejeitados pela Grécia que partiram de seu território.

Na quarta-feira a Comissão Europeia deve declarar que a Turquia cumpriu grande parte dos critérios para a liberação de vistos e pedir aos governos da UE e ao Parlamento Europeu que aprovem a decisão até o final de junho.

(Reportagem adicional de Gabriela Baczynska em Bruxelas, Michele Kambas em Atenas e Tuomas Forsell em Porvoo, Finlândia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos