Conquistas de Copa e Liga da Alemanha não deixam saída de Guardiola menos amarga

Por Karolos Grohmann

BERLIM (Reuters) - O técnico Pep Guardiola, de saída do Bayern de Munique, se despede de forma amarga do clube alemão enquanto espera celebrar um quarto título consecutivo da Liga da Alemanha, após outra falha na conquista da Liga dos Campeões.

Pela terceira vez seguida o Bayern foi eliminado na semifinal da Liga dos Campeões por um clube espanhol, e a vitória por 2 x 1 sobre o Atlético de Madri não foi suficiente para garantir o espaço do clube na final, por gols sofridos fora de casa.

O técnico espanhol, que irá para o Manchester City na próxima temporada, ainda pode conquistar mais dois troféus, da Liga e Copa da Alemanha, mas não estará entre os grandes técnicos do Bayern, à medida que nunca conquistou um título europeu durante sua passagem de três anos.

Guardiola, de 45 anos de idade, usufruiu de liberdade sem precedentes no Bayern desde seu primeiro dia, mas sua saída após a final da Copa da Alemanha neste mês será um assunto muito mais moderado.

"Demos nosso melhor e jogamos o máximo que conseguimos. Mas estou feliz com minha passagem por aqui, aproveitei aqui", disse Guardiola.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos