Incêndio florestal no Canadá obriga retirada de população de uma cidade inteira

Por Nia Williams

CALGARY, Alberta (Reuters) - A província canadense de Alberta teve que correr para retirar toda a população de Fort McMurray, onde um incêndio florestal descontrolado estava tomando conta do centro da região de areias betuminosas, e nesta quarta-feira há previsão de ventos secos que podem alimentar as chamas.

Alberta pediu auxílio militar para combater o fogo e retirar pessoas da cidade coberta de fumaça após as autoridades ordenarem uma retirada obrigatória para 80 mil pessoas, mas funcionários disseram que a assistência do Exército e da Força Aérea pode levar dias para chegar.

Estima-se que cerca de 44 mil pessoas estejam nas estradas, em fuga da cidade, e aproximadamente 8 mil chegaram a um centro de retirada nos arredores de Fort McMurray, segundo autoridades.

"Neste momento, o incêndio está ardendo dentro da cidade", disse o chefe do corpo de bombeiros de Fort McMurray, Darby Allen, a repórteres. "Está afetando comunidades enquanto conversamos. Há casas em chamas enquanto conversamos".

O incêndio em uma área de 2.650 hectares, que foi descoberto no domingo, mudou agressivamente com o vento na terça-feira e se aproximou dos limites da cidade. As chamas interditaram a principal saída do sul da localidade, a rodovia 93, que mais tarde foi reaberta, mas o tráfego logo ficou travado no sul e no norte.

Os postos de abastecimento ficaram sem combustível e a polícia patrulhava a rodovia com recipientes de gasolina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos