Novo confronto em cidade síria de Aleppo deixa dezenas de mortos

BEIRUTE (Reuters) - Dezenas de pessoas foram mortas em uma batalha de um dia entre rebeldes sírios e forças do governo em Aleppo, e o confronto ainda ocorre sem interrupções nesta quarta-feira, disseram fontes combatentes e o Observatório Sírio para Direitos Humanos.

Um rebelde disse que insurgentes conseguiram conquistar terreno no lado do governo, enquanto o Exército informou que o ataque foi repelido.

Os confrontos ameaçam as linhas de defesa próximas às áreas do governo em Aleppo.

O diretor do Observatório, Rami Abdulrahman, disse que dezenas de pessoas foram mortas em ambos os lados, no que descreveu como a batalha mais intensa do ano na área. Forças do governo foram reforçadas por aliados do Hezbollah libanês, disse.

O militante rebelde disse que cerca de 40 combatentes do governo foram mortos, enquanto cerca de 10 rebeldes foram mortos. A fonte militar negou grandes baixas entre militares, mas disse que dezenas de civis e muitos rebeldes foram mortos.

(Reportagem de Tom Perry e Suleiman al-Khalidi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos