Fiat Chrysler diz que acordo com Google para carro autônomo não é exclusivo

ROMA (Reuters) - Um acordo acertado recentemente entre o Google e a Fiat Chrysler envolvendo a produção de 100 veículos autônomos não prevê exclusividade, afirmou o presidente-executivo da montadora, Sergio Marchionne, nesta quinta-feira.

Falando em Roma, o executivo afirmou que o acordo permite que as duas companhias negociem com outras partes, mas não ficou claro se a tecnologia desenvolvida sob o projeto entre a Fiat Chrysler e o Google poderá ser compartilhada com outros grupos.

O acordo, anunciado nesta semana, marcou a primeira vez em que uma companhia do Vale do Silício aliou-se à uma montadora tradicional para o desenvolvimento de veículos autônomos.

Marchionne afirmou ainda que a FCA não tem mais contatos com a General Motors desde que sua proposta de fusão foi recusada pela rival de maior porte.

(Por Alberto Sisto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos