Irã diz que vários de seus soldados foram mortos perto de Aleppo

DUBAI (Reuters) - Vários soldados iranianos foram mortos perto de Aleppo, afirmou a Guarda Revolucionária neste sábado, no que pareceu ser uma das maiores perdas do Irã na Síria desde que o país dispôs forças para apoiar o presidente sírio, Bashar al-Assad.

Insurgentes islâmicos tomaram na sexta-feira a vila estratégica de Khan Touman, cerca de 15 km a sudoeste de Aleppo. Dezenas de pessoas foram mortas na batalha conforme relatos.

A agência de notícias Fars, citou neste sábado um oficial da Guarda Revolucionária dizendo que 13 militares iranianos tinham sido mortos e 21 feridos nos combates.

O ataque em Khan Touman foi lançado por uma aliança de insurgentes islâmicos conhecida como Jaish al-Fatah, incluindo a Frente Nusra ligada à Al Qaeda, que rejeitou os esforços diplomáticos para interromper a guerra civil de cinco anos.

(Por Bozorgmehr Sharafedin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos