Atiradores matam 8 policiais em subúrbio do Cairo, Estado Islâmico assume ataque

CAIRO (Reuters) - Homens armados mataram oito policiais à paisana durante a noite na periferia ao sul de Cairo, em um ataque reivindicado por militantes do Estado Islâmico, informou o Ministério do Interior egípcio.

Os quatro agressores pararam ao lado de uma caminhonete e alvejaram um veículo da polícia, fugindo em seguida, informou neste domingo o Ministério.

Os atiradores usavam máscaras, disseram à Reuters moradores de Helwan, área industrial na orla da capital.

Desde meados de 2013 – época que o então chefe do exército Abdel Fattah al-Sisi foi deposto pelo presidente islâmico Mohamed Mursi após protestos em massa –, o governo do Egito vem enfrentando uma onda de insurgência que matou centenas de soldados e policiais, a maioria em Sinai.

Em um comunicado em árabe, o Estado Islâmico informou que o ataque em Helwan integrava sua campanha Abu Ali Al-Anbari, que tem visto uma série de atentados e outros ataques no Iraque realizados pelo grupo.

(Reportagem de Mostafa Hashem e Ahmed Tolba)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos