Incêndio no Canadá chega a sétimo dia, pessoas retiradas da região se preparam para longa espera

GREGOIRE LAKE, Alberta (Reuters) - Um incêndio florestal na região de areias betuminosas do Canadá caminhava para o sétimo dia neste domingo, com autoridades alertando quase 100 mil pessoas que fugiram da área que elas não voltariam para casa em breve.

O fogo, que começou no último domingo perto da cidade de Fort McMurray, em Alberta, se espalhou tão rapidamente que 88 mil habitantes da cidade mal tiveram tempo de fugir. Grandes partes da cidade já não existem mais.

Uma temperatura mais fresca e chance de chuva estavam previstas para domingo, mas as previsões do governo para a potencial intensidade do incêndio mostraram grande parte da área no mais alto nível possível.

Autoridades disseram que, embora o fogo tivesse em grande parte passado por Fort McMurray e dirigia-se rapidamente para o nordeste através das florestas boreais secas, ainda era muito perigoso entrar na cidade.

"Dentro da própria comunidade, espero que durante o próximo mês ou dois meses seguintes que eles serão capazes de obter um bom controle sobre a situação fogo", afirmou o chefe de prevenção de incêndios de Alberta, Chad Morrison, a repórteres no sábado.

(Reportagem Rod Nickel e Liz Hampton)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos