Dilma diz desconhecer consequências de decisão que anula votação do impeachment pela Câmara

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira não saber as consequências da decisão do presidente em exercício da Câmara dos Deputados de anular a sessão de votação do pedido de abertura de processo de impeachment contra ela na Casa, e que ainda não teve informação oficial da suspensão do trâmite.

"Peço aos parlamentares uma certa tranquilidade para lidar (com o atual momento)", disse a presidente, em referência à decisão do deputado Waldir Maranhão (PP-MA).[nL2N1860X3]

Em discurso sobre criação de novas universidades, Dilma reafirmou que o processo de impedimento contra ela é "sem base, sem legalidade", e que se trata de golpe.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos