Podemos chega à acordo sobre aliança eleitoral na Espanha

MADRI (Reuters) - O Podemos, partido antiausteridade espanhol, e um rival de menor porte, o Esquerda Unida (IU), anunciaram nesta segunda-feira que haviam chegado a um acordo preliminar para concorrer numa plataforma conjunta nas eleições gerais de 26 de junho.

Os dois partidos disseram que consultariam os seus integrantes nos dias 10 e 11 de maio e, segundo o IU, divulgariam os resultados no dia 12, como parte dos preparativos de ambos para as novas eleições.

O último pleito espanhol, realizado em dezembro, não deu a nenhum partido assentos suficientes para formar um governo, e cinco meses de negociações entre as agremiações não resultaram num governo de coalizão.

Uma pesquisa oficial divulgada na sexta-feira mostrou que os eleitores não estavam ainda inclinados a voltar para o sistema de dois partidos que dominou a política espanhola pelos últimos 40 anos. Eles parecem mais propensos a espalhar os seus votos entre dez diferente partidos.

A pesquisa também indicou que o Podemos estava perdendo apoio. No entanto, uma aliança entre o partido e o IU deixaria os dois partido com cerca de 23 por cento dos votos, os fazendo a principal força de esquerda, à frente dos socialistas, em segundo.

O conservador Partido Popular do primeiro-ministro em exercício, Mariano Rajoy, venceria a eleição com cerca de 27 por cento dos votos, mas ainda distante de uma maioria geral.

(Reportagem de Blanca Rodriguez e Jesús Aguado)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos