Homem mata uma pessoa a faca em estação de trem de Munique em suposto ataque islâmico

Por Joern Poltz

MUNIQUE (Reuters) - Um cidadão alemão esfaqueou quatro passageiros em uma estação de trem nos arredores de Munique na manhã desta terça-feira, matando uma pessoa e ferindo três, em um ataque que a polícia disse parecer ter sido motivado por uma ideologia islâmica.

Testemunhas contaram que o agressor, um homem de 27 anos, gritou "Allahu Akbar" ('Deus é o maior', em árabe), de acordo com a polícia.

"O perpetrador fez comentários durante o ataque que apontam para uma motivação política", afirmou a polícia da Baviera em um comunicado, acrescentando que ele foi preso e que não há outros suspeitos.

Um homem de 50 anos morreu no hospital em razão dos ferimentos pouco depois da agressão. Os outros homens esfaqueados, com idades entre 43 e 58 anos, sofreram ferimentos leves, informou a polícia.

O ataque aconteceu perto das 5h (horário local) na estação de trem de Grafing, cidade dormitório localizada cerca de 32 quilômetros a sudeste da capital da Baviera, no sul alemão.

A Alemanha, que vem desempenhando um papel coadjuvante na luta contra o Estado Islâmico, não foi vitimada por nenhum atentado de militantes islâmicos do porte daqueles que vitimaram as vizinhas França e Bélgica.

Mas alguns de seus ministros vêm alertando repetidamente que um ataque é possível, e os serviços de segurança do país estão em alerta.

Mais de 800 radicais residentes na Alemanha deixaram a nação para se juntar a grupos jihadistas na Síria e no Iraque, e cerca de 260 retornaram.

A potência europeia também tem sido uma rota de trânsito para militantes que realizaram ataques na Bélgica neste ano e em Paris no final do ano passado. Há temores de que alguns dos mais de um milhão de imigrantes que entraram em solo alemão no ano passado tenham escapado à atenção das autoridades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos