Índice acionário europeu recua pressionado por tombos de JC Decaux e banco Raiffeisen

Por Sudip Kar-Gupta e Danilo Masoni

LONDRES/MILÃO (Reuters) - O principal índice de ações europeias caiu nesta quarta-feira, com alguns balanços corporativos fracos pressionando o mercado para baixo após duas sessões seguidas de ganhos.

O índice FTSEurofirst 300 teve queda de 0,45 por cento, a 1.315 pontos, e o índice STOXX 600 também perdeu 0,45 por cento.

O grupo de publicidade JC Decaux teve um dos piores desempenhos na região, com queda de 10 por cento. A divulgação pela companhia de uma projeção fraca para o segundo trimestre levou vários bancos de investimento a cortar a recomendação e preço-alvo de sua ação.

O banco austríaco Raiffeisen também caiu cerca de 10 por cento, devido a preocupações sobre seus planos de fusão com sua companhia controladora não listada Raiffeisen Zentralbank.

Entretanto, as ações da editora norueguesa Schibsted dispararam 12,2 por cento após a companhia divulgar lucro acima das projeções no primeiro trimestre.

.Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,09 por cento, a 6.162 pontos.

.Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,70 por cento, a 9.975 pontos.

.Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,50 por cento, a 4.316 pontos.

.Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,32 por cento, a 17.698 pontos.

.Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,27 por cento, a 8.663 pontos.

.Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,11 por cento, a 4.880 pontos.

((Tradução Redação São Paulo 55 11 5644 7509)) REUTERS EN FB

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos