Ações europeias recuam pressionadas por resultados decepcionantes; Bayer cai

Por Danilo Masoni

MILÃO (Reuters) - As ações europeias caíram nesta quinta-feira após uma sessão agitada, pressionadas por alguns resultados corporativos decepcionantes, enquanto a Bayer e a BASF recuaram após notícias de que podem estar interessadas em comprar a Monsanto.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 teve queda de 0,55 por cento, a 1.307 pontos, depois de chegar a subir 0,9 por cento mais cedo na sessão na esteira dos ganhos dos preços do petróleo, que mais tarde passaram a cair.

Os preços do petróleo inverteram sua trajetória após tocar as máximas de seis meses, com as vendas prevalecendo diante de sinais de aumento de estoque no ponto de entrega da bolsa dos Estados Unidos.

A Bayer recuou 4,8 por cento após a Bloomberg noticiar que o grupo alemão está explorando uma oferta pela Monsanto, enquanto a BASF recuou 2,1 por cento após o site de notícias financeiras Street Insider noticiar que a empresa também está procurando adquirir a Monsanto.

A Aegon teve o pior desempenho da região. As ações da seguradora holandesa despencaram 11,4 por cento após divulgar lucro recorrente antes de impostos menor que o esperado no primeiro trimestre, de 462 milhões de euros.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,95 por cento, a 6.104 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,13 por cento, a 9.862 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,54 por cento, a 4.293 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,26 por cento, a 17.651 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,01 por cento, a 8.663 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,38 por cento, a 4.899 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos