Banco do Brasil espera desaceleração em ritmo de provisões extraordinárias para perdas com crédito

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco do Brasil espera um a desaceleração nas provisões extraordinárias para perdas com crédito nos próximos trimestres em relação aos três primeiros meses deste ano, apesar de ver possibilidade de aumento na inadimplência e nas renegociações de dívida com clientes corporativos, afirmaram executivos da instituição nesta quinta-feira.

O maior banco do país em ativos, está confortável com os atuais níveis de provisões, que somaram 35,4 bilhões de reais ao final do primeiro trimestre, disse o vice-presidente financeiro, José Mauricio Coelho, durante entrevista a jornalistas.

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos