COI diz que trabalhará com governo Temer para Olímpiada de sucesso no Rio

(Reuters) - O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse nesta quinta-feira que a entidade trabalhará com o novo governo do Brasil para o sucesso dos Jogos Olímpicos Rio 2016, após o Senado aprovar a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, que será afastada do cargo.

Com o afastamento de Dilma, o vice-presidente Michel Temer, do PMDB, assume interinamente a Presidência.

Em comunicado, Bach reiterou que as preparações estão em fase operacional e que os Jogos irão proporcionar uma oportunidade de união do povo brasileiro.

"Há um grande apoio para os Jogos Olímpicos no Brasil e estamos ansiosos para trabalhar com o novo governo para entregar Jogos de sucesso no Rio", disse. "As preparações para os Jogos Olímpicos entraram em uma fase operacional e questões como essas possuem menos influência do que em outros estágios."

"Os Jogos Olímpicos irão entregar um legado tangível e providenciar uma importante oportunidade de união do povo brasileiro, independentemente do cenário ou do ponto de vista políticos. Será um momento para o Brasil mostrar ao mundo sua determinação de superar a crise atual."

A reta final de preparação do país para receber os Jogos Olímpicos acontece em meio a graves crises política e econômica. Além do processo de impeachment contra Dilma, o Brasil enfrenta uma das piores recessões econômicas em décadas e convive com as denúncias de corrupção da operação Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de corrupção envolvendo a Petrobras.

(Reportagem de Karolos Grohmann)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos