Combates ocorrem em Aleppo com fim de cessar-fogo na cidade síria

BEIRUTE (Reuters) - Forças do governo enfrentaram rebeldes no norte de Aleppo nesta quinta-feira, dia em que o cessar-fogo expirou na cidade, relataram o Observatório Sírio para os Direitos Humanos e fontes rebeldes.

Os combates se concentraram nos arredores da área de Handarat, que foi dominada pelos rebelados e é importante por estar próxima da última rota de acesso a áreas nas mãos da oposição em Aleppo, que era a maior cidade síria antes do conflito e hoje está dividida entre o governo e os rebeldes.

O Observatório disse que forças pró-Damasco lançaram uma ofensiva na área com apoio de ataques aéreos que visaram Handarat, além da única estrada que leva a setores da localidade sob controle dos opositores.

As fontes rebeldes disseram que inicialmente forças governamentais conquistaram algum território, mas que este foi recuperado mais tarde.

Um comunicado de uma sala de operações conjuntas que inclui o Exército sírio, o grupo libanês Hezbollah e outros aliados, visto pela Reuters, acusou os insurgentes de violarem o cessar-fogo anunciado na segunda-feira e afirmou que as forças alinhadas ao governo irão continuar lutando.

"As unidades do Exército sírio e as forças de defesa locais ainda estão envoltas em confrontos violentos" nas cercanias de Handarat, mas fizeram progressos, disse o comunicado.    

A luta também prosseguia no norte e no sul de Aleppo, onde unidades do Exército tentavam expulsar os rebeldes e "levar segurança e estabilidade" à província, afirmou a comunicação.

Em um bairro do sul da cidade de Aleppo, atiradores de elite dos insurgentes mataram três pessoas, relatou o Observatório. A agência estatal de notícias Sana disse que disparos mataram pelo menos duas pessoas.

Não houve nenhum anúncio imediato de prorrogação da trégua, que foi mediada por Estados Unidos e Rússia com o objetivo de ressuscitar um acordo de cessação das hostilidades mais amplo que já fracassou na maior parte do oeste da Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos