EUA planejam nova onda de operações para deportação de imigrantes, dizem fontes

Por Julia Edwards

WASHINGTON (Reuters) - Autoridades de imigração dos Estados Unidos estão planejando uma série de ações com duração de 30 dias em maio e junho para deportar centenas de mães e filhos da América Central que teriam entrado no país ilegalmente, de acordo com fontes e um documento interno visto pela Reuters.

A operação pode ser a maior ação de deportação de famílias imigrantes pelo governo do presidente Barack Obama neste ano, depois de esforço similar durante dois dias em janeiro na Geórgia, Texas e Carolina do Norte.

Essas ações, que resultaram na detenção de 121 pessoas, a maior parte mães e filhos, provocaram protestos de defensores da imigração e críticas de alguns democratas, incluindo a favorita para se tornar a candidata a presidente do partido, Hillary Clinton.

A agência responsável pela fiscalização imigratória e alfandegária (ICE) já disse aos seus serviços regionais para lançar um “onda” de 30 dias de prisões com foco em mães e filhos que já receberam instrução para deixar os EUA, afirmou o documento visto pela Reuters. A operação também cobre menores que entraram no país sem um responsável e desde então completaram 18 anos, segundo o documento. Duas fontes confirmaram os detalhes do plano.

As datas exatas da série de ações não eram conhecidas, e detalhes da operação poderiam mudar.

A operação de janeiro representou uma mudança da ICE, parte do Departamento de Segurança Interna, que passou de deportações isoladas para operações com destaque, que têm o objetivo de deter migrantes vindos para os EUA.

Uma porta-voz da agência disse que a ICE não “confirma nem nega a existência de ações de segurança específicas em andamento ou de futuras”. Ela afirmou que imigrantes que chegaram ilegalmente a partir de 2014 são prioridade para remoção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos