Explosão no sudeste da Turquia deixa 4 mortos e 17 feridos

DIYARBAKIR, Turquia (Reuters) - Quatro suspeitos de fabricarem bombas foram mortos e 17 pessoas ficaram feridas quando uma explosão atingiu uma vila no sudeste turco, de maioria curda, disseram fontes da área de segurança e o Ministério do Interior.

A explosão ocorreu por volta das 22h30 no distrito de Sarikamis, a cerca de 25 km da maior cidade de região, Diyarbakir, no momento em que militantes do PKK, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão, carregavam um caminhão com explosivos, de acordo com o ministério.

Dois dos feridos estavam em condição crítica, segundo fontes da área de segurança. Testemunhas relataram ouvir a explosão a quilômetros de distância.

A explosão se dá depois de um ataque com um carro-bomba mais cedo nesta quinta-feira perto de uma instalação militar nos arredores de Istambul que deixou sete feridos, e depois também de uma ação com carro-bomba contra a polícia em Diyarbakir na terça-feira que matou três.

A Turquia tem sido atingida por uma série de ataques a bomba neste ano, incluindo dois atentados suicidas em áreas turísticas de Istambul, pelos quais se acusou o Estado Islâmico, e dois carros-bomba na capital Ancara que mataram no total 66 pessoas, pelos quais um ramo do PKK assumiu a responsabilidade.

(Reportagem de Seyhmus Cakan, Mert Ozkan e Ayla Jean Yackley)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos