Padilha diz que não foi possível ter mulheres no ministério

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta sexta-feira que o governo do presidente interino Michel Temer buscou mulheres para ocupar cargos no ministério, mas não foi possível nomeá-las, sem citar as razões, em resposta a críticas pelo fato de o novo ministério ser formado apenas por homens.

Padilha afirmou ainda, em entrevista a jornalistas após reunião ministerial comandada por Temer, que o governo pedirá aos partidos aliados que indiquem mulheres para cargos do segundo escalão que antes tinham status de ministério.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos