Mansueto deve ter secretaria especial no Ministério da Fazenda, diz fonte

Por Patrícia Duarte

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anuncia sua equipe econômica nesta terça-feira, que incluirá Mansueto Almeida, o ex-diretor do Banco Central Carlos Hamilton de Araújo e o atual secretário da Receita Federal, Jorge Rachid.

Segundo informou uma fonte com conhecimento sobre o assunto nesta segunda-feira, Mansueto deve ir para uma secretaria especial que está sendo criada, enquanto Carlos Hamilton assumirá a secretaria de Política Econômica. Rachid permanece no cargo.

Meirelles deve anunciar ainda quem comandará o Banco Central. Na bolsa de apostas, o mais cotado é o economista-chefe do banco Itaú Unibanco, Ilan Goldfajn, mas não é descartado totalmente que o atual presidente do BC, Alexandre Tombini, possa ficar por um tempo maior de transição.

O ministro havia dito que sua equipe seria anunciada nesta segunda-feira, mas acabou adiando o anúncio por um dia.

Mansueto é especialista em contas públicas e foi um dos coordenadores do programa econômico do então candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB). Ele também está cotado para assumir a secretaria do Tesouro com Meirelles.

Carlos Hamilton, que já foi diretor de Política Econômica do BC, trabalhou com Meirelles na autoridade monetária.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos