EIG cita Odebrecht e estaleiros navais em processo contra Petrobras

(Reuters) - A empresa de gestão de investimentos EIG Management adicionou a Odebrecht e alguns estaleiros navais ao seu processo de fraude de 221 milhões de dólares contra a Petrobras.

Em comunicado na quarta-feira, a EIG alegou que a Odebrecht e estaleiros navais, assim como a Petrobras, induziram a empresa ao erro para que investisse mais de 221 milhões de dólares para comprar participação na empresa de sondas Sete Brasil, que entrou com pedido de recuperação judicial.

Outras mencionadas no documento pela EIG e oito dos fundos sob sua gestão incluem Keppel Corporation, Sembcorp Marine e Jurong Shipyard.

"Por meio de uma série de informações errôneas e omissões dirigidas à EIG, a Petrobras fraudulentamente obteve o investimento dos fundos e procedeu, usando esses recursos para perpetuar e expandir um esquema encoberto e de corrupção massiva para enriquecer a si mesma e quem com ela conspirava", disse a EIG no processo aberto em tribunal distrital dos Estados Unidos em Columbia, Washington.

A fraude, quando exposta em 2014, levou ao colapso da Sete, disse a EIG no documento judicial revisado.

A EIG, que processou a Petrobras em fevereiro, disse que a Petrobras fundou a Sete no início de 2010 após descobrir reservas massivas de petróleo e gás na costa do Brasil.

Para acessar essas reservas, a Petrobras solicitou o uso exclusivo de navios-sonda concebidos para operar em águas ultra profundas, e para obter os contratos de perfuração, os estaleiros navais e a Odebrecht pagaram propinas e comissões a executivos da Petrobras e representantes do PT, acrescentou a EIG.

Odebrecht, Keppel Corp, Sembcorp Marine e Jurong Shipyard não puderam ser contatados de imediato para comentar.

(Por Rishika Sadam e Sangameswaran S, em Bangalore)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos