Japão espera conduzir debate "franco" sobre economia e evasão fiscal no G7

SENDAI, Japão (Reuters) - As incertezas econômicas globais e medidas para lidar com a evasão fiscal estarão entre os principais tópicos que autoridades financeiras do G7 discutirão na reunião do fim de semana, disse o ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, nesta quinta-feira.

O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, também alertou que há "vários desafios" que as economias do G7 precisam resolver já que a economia global sofre com o crescimento fraco.

"Com a incerteza sobre a economia global crescendo, a atenção estará voltada para a política macroeconômica, reformas estruturais e medidas para lidar com a evasão fiscal... e a lavagem de dinheiro", disse Aso a repórteres.

"...quero conduzir discussões francas sobre essas questões", disse ele após chegar à cidade de Sendai para o encontro de dois dias com os líderes financeiros do G7 que começa na sexta-feira.

A reunião vai pavimentar o caminho para a reunião dos líderes do G7 na próxima semana, quando medidas para impulsionar o crescimento global estarão no topo da agenda.

(Por Tetsushi Kajimoto e Stanley White)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos