Pedro Parente assumirá presidência da Petrobras, diz Palácio do Planalto

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-ministro Pedro Parente aceitou o convite para assumir a presidência da Petrobras, informou nesta quinta-feira o Palácio do Planalto.

Parente, que foi ministro da Casa Civil no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, substituirá Aldemir Bendine no comando da estatal de petróleo.

A Reuters noticiou há dois dias que Parente deveria ser apontado para presidir a Petrobras.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos