Costa Rica registra caso de microcefalia com possível ligação ao Zika

SAN JOSÉ (Reuters) - Uma mulher de El Salvador, que provavelmente foi infectada com o vírus da Zika em seu país, deu à luz uma menina com microcefalia na Costa Rica, disseram na sexta-feira autoridades sanitárias do país.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que

existe um consenso médico de que o Zika pode causar malformações como a microcefalia e outras doenças neurológicas em recém-nascidos.

A mãe foi diagnosticada no ano passado em El Salvador e foi em abril para a Costa Rica, onde há 51 casos da doença, incluindo três mulheres grávidas.

O caso seria o sexto de microcefalia vinculada ao vírus na América Central, depois de terem sido registrados quatro casos no Panamá e uma suspeita em Honduras.

(Por Enrique Andrés Pretel)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos