Cade decide abrir processo administrativo contra associação de siderurgia IABr

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Adminstrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu abrir um processo administrativo contra o Instituto Aço Brasil (IABr), que representa as usinas siderúrgicas do país, em ação aberta por entidade que representa importadores de aço.

A ação foi aberta pela Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Aço (Abrifa), conforme despacho da superintendência-geral do Cade publicada nesta terça-feira.

No processo, a Abrifa acusa o IABr de ter aberto 40 ações judiciais contra importações de vergalhões, usando mecanismo conhecido como "Sham Litigation", em que o executor da estratégia não baseada em preços cria dificuldades à livre concorrência ao limitar ou impedir acesso de novas empresas ao mercado.

Representantes do IABr ou da Abrifa não puderam ser contatados de imediato.

O Cade deu ao IABr 30 dias para apresentação de defesa.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos