Esposa de Johnny Depp acusa ator de violência doméstica e pede medida cautelar

LOS ANGELES (Reuters) - A atriz Amber Heard pediu uma medida cautelar temporária contra seu marido, Johnny Depp, nesta sexta-feira, citando violência doméstica, relataram veículos de mídia, dias depois de ter entrado com um pedido de divórcio para pôr fim ao casamento de 15 meses.

A revista People publicou uma foto de Amber, de 30 anos, com o olho direito machucado e disse que ela enviou a imagem como prova para sustentar sua afirmação. A revista citou uma fonte anônima segundo a qual "isto não foi um evento isolado".

O site de celebridades TMZ.com postou uma foto semelhante e disse que Amber acusou o ator de 52 anos de tê-la golpeado no rosto com um iPhone na noite de sábado, além de ter destruído vários objetos no apartamento do casal.

Segundo o TMZ, a atriz compareceu a um tribunal nesta sexta-feira para solicitar a medida cautelar, mas o site não esclareceu a fonte da informação.

A Reuters não conseguiu verificar os relatos de forma independente, e representantes de Amber e Depp não responderam de imediato a pedidos de comentário.

(Por Piya Sinha-Roy e Dan Whitcomb)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos