Torres diz que final da Liga dos Campeões com Atlético será "partida de sua vida"

Por Richard Martin

MILÃO (Reuters) - Fernando Torres, atacante do Atlético de Madri, considera a final da Liga dos Campeões de sábado contra o Real Madrid como a partida de sua vida, e anseia em conquistar o primeiro troféu com seu clube de infância.

Torres estreou no Atlético em 2001, depois de atuar nas categorias de base do time, e chegou a ser capitão antes de ir para o Liverpool, em 2007.

Ele voltou ao Atlético no ano passado, tendo ficado de fora de uma série de campeonatos vencidos pelo clube entre 2012 e 2014 e a final da Liga dos Campeões, que o Atlético perdeu para o Real Madrid em 2014 por 4 x 1.

Embora Torres tenha conquistado a Liga dos Campeões com o Chelsea e dois Campeonatos Europeus e uma Copa do Mundo com a Espanha, disse que todos esses triunfos seriam ofuscados caso Atlético seja campeão da Europa.

"É a partida de minha vida, não tenho dúvida. É a partida mais importante e difícil e bonita de toda minha carreira", afirmou em coletiva de imprensa nesta sexta-feira.

"Qualquer coisa que possa ganhar com o clube que me deu a oportunidade de jogar futebol, do qual sou torcedor e continuo sendo, é diferente de qualquer experiência. Tive a sorte de ganhar com o Chelsea e com a seleção, mas isto é especial, diferente", disse.  

O Real Madrid reinava absoluto durante a primeira passagem de Torres pelo Atlético, mas a chegada do técnico argentino Diego Simeone há quatro anos e meio serviu de inspiração e diminuiu a diferença entre os dois grandes clubes de Madri.

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos