Bombas em estradas deixam 6 mortos e vários feridos no sudeste turco

DIYARBAKIR, Turquia (Reuters) - Bombas colocadas em estradas mataram pelo menos seis pessoas em dois ataques separados contra forças de segurança no sudeste turco, região de grande população curda, nesta segunda-feira, disseram fontes da área de segurança, intensificando a onda de violência na região nas últimas 24 horas.

Uma bomba atingiu um veículo policial na cidade de Silopi na província de Sinark, perto da fronteira com o Iraque, afirmaram as fontes, horas depois de aviões turcos terem atacado campos do proscrito Partido dos Trabalhadores do Curdistão, o PKK, no norte do Iraque.

Quatro civis foram mortos e 19 pessoas ficaram feridas, incluindo cinco agentes de segurança, na ação, disseram as fontes. A Dogan, agência de notícias turca, afirmou que a bomba havia sido colocada dentro de um bueiro e detonada quando o veículo da polícia passava.

Mais cedo, perto da cidade de Van, combatentes do PKK detonaram uma bomba por controle remoto numa estrada, tendo como alvo um veículo blindado. Dois policias foram mortos, e um terceiro ficou ferido, segundo as fontes.

Os confrontos entre as forças de segurança turcas e o PKK alcançam o seu período de maior intensidade em duas décadas, desde o fim do cessar-fogo de dois anos em julho passado.

(Por Seyhmus Cakan e Ayla Jean Yackley)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos