Rio cancela contrato com construtora de velódromo para Olimpíada

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Prefeitura do Rio de Janeiro informou nesta segunda-feira que cancelou o contrato com a empresa responsável pela construção do velódromo, a cerca de dois meses dos Jogos Olímpicos, após a companhia pedir recuperação judicial.

A Tecnosolo "não teve condições de continuar como responsável técnica pelas obras do Velódromo", disse a prefeitura em comunicado.

Com isso, a prefeitura autorizou a subcontratação em fevereiro da Engetécnica, que trabalhava como subsidiária da Tecnosolo, "para garantir celeridade à execução dos serviços", afirmou a prefeitura, acrescentando que não houve mudança no valor do contrato.

Com 88 por cento de conclusão, o Velódromo é a instalação esportiva mais atrasada para os Jogos, que começam em 5 de agosto, e a previsão de entrega segue sendo junho.

A Tecnosolo não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. Os organizadores da Rio 2016 repassaram os questionamentos à prefeitura.(Reportagem de Stephen Eisenhammer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos