Fracassa tentativa de lançamento de míssil norte-coreano, diz Seul

Por Ju-min Park

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte tentou disparar um míssil de sua costa leste nesta terça-feira, mas o lançamento parece ter fracassado, disseram autoridades sul-coreanas, o que seria mais uma falha em uma série de testes de mísseis balísticos sem sucesso do isolado país comunista.

A tentativa de lançamento ocorreu perto das 5h20 locais, afirmaram os funcionários, que pediram para não ser identificados e não entraram em detalhes.

A tensão na região está alta desde que a Coreia do Norte realizou seu quarto teste nuclear em janeiro e o seguiu com o lançamento de um satélite e testes de disparo de vários mísseis.

O Japão colocou seus militares em estado de alerta na segunda-feira devido ao possível disparo de um míssil balístico da Coreia do Norte.

"A Coreia do Norte não mostra sinais de ter abandonado o desenvolvimento de mísseis nucleares, e por isso continuaremos a trabalhar de perto com os Estados Unidos e a Coreia do Sul em resposta e para manter uma vigília atenta", disse o ministro da Defesa japonês, Gen Nakatani, em um boletim à imprensa.

Pyongyang parece ter tentado lançar um míssil de alcance intermediário Musudan, de acordo com a agência de notícias sul-coreana Yonhap.

A Coreia do Norte tentou realizar três testes com o Musudan em abril, todos os quais falharam, disseram autoridades dos EUA e da Coreia do Sul.

A Yonhap citou uma fonte do governo sul-coreano segundo a qual o míssil provavelmente explodiu mais ou menos no momento em que foi disparado de um lançador móvel.

A China, única grande aliada de Pyongyang, pediu a cessação de toda e qualquer ação que possa exacerbar a tensão.

"A situação na península continua complexa e sensível", afirmou a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, em uma conversa com jornalistas quando indagada sobre o suposto lançamento fracassado. "Achamos que todos os lados deveriam evitar quaisquer ações que piorem as tensões".

A China expressou revolta com os testes nucleares e de mísseis da Coreia do Norte e concordou com sanções duras da Organização das Nações Unidas (ONU) contra seu vizinho recluso em março. A mídia estatal norte-coreana não mencionou nenhum lançamento de míssil.

(Reportagem adicional de Se Young Lee, em Seul, Tim Kelly, em Tóquio, e Ben Blanchard, em Pequim)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos