Homem mata uma pessoa e se suicida em tiroteio na Universidade da Califórnia

Por Alex Dobuzinskis e Piya Sinha-Roy

LOS ANGELES (Reuters) - Um atirador suicida assassinou duas pessoas na Universidade da Califórnia de Los Angeles (Ucla, na sigla em inglês) nesta quarta-feira, causando o fechamento do campus por duas horas, com as autoridades usando uniformes camuflados e equipamento tático para responder aos relatos de um atirador.

O chefe de polícia de Los Angeles, Charlie Beck, confirmou que um homem atirou em outro e depois em si mesmo, no prédio da Engenharia, e que a polícia recuperou a arma no local do crime.

"Não há outros suspeitos ou ameaça permanecendo no campus da Ucla", disse Beck aos repórteres, sem oferecer mais detalhes sobre as vítimas.

A polícia recuperou o que pode ser um bilhete suicida, disse Beck.

O tiroteio criou um tumulto, com cerca de 200 policiais se aproximando da cena do crime, temendo que o tiroteio ainda pudesse estar em andamento e os dirigentes da universidade ordenando o fechamento do campus.

Após várias horas de tensão, os dirigentes da universidade anunciaram que as aulas seriam retomadas na quinta-feira.

Bahjat Alirani, estudante de bioengenharia, contou que a polícia gritou para que as pessoas corressem para fora do local.

    "Eu estava no Boelter Hall para fazer uma prova final e saí pela escadaria, quando vi policiais que pareciam da Swat (Armas e Táticas Especiais) gritando para que todos se retirassem imediatamente", disse Alirani à Reuters. "Vi minhas mensagens e o BruinAlert (sistema de notificação de emergências da Ucla) tinha acabado de mandar um e-mail a todos os alunos notificando-os sobre um atirador no prédio de engenharia."

A universidade tem mais de 43 mil alunos matriculados, de acordo com seu site, e se localiza na área de Westwood, em Los Angeles. A Ucla é uma das escolas mais conceituadas do sistema da Universidade da Califórnia, conhecido por seu bem-sucedido programa de esportes.

(Reportagem adicional por Amy Tennery, Lisa Girion e Nichola Groom)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos