"Tentáculos" de Cunha permanecem na Câmara, diz presidente do Conselho de Ética

BRASÍLIA (Reuters) - Mesmo afastado da Presidência da Câmara e de seu mandato de deputado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) mantém sua influência no Parlamento, afirmou o presidente do Conselho de Ética da Câmara, José Carlos Araújo (PR-BA).

Araújo entregou nesta quarta-feira ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, uma série de documentos que, segundo ele, demonstram a interferência de Cunha nos trabalhos do Conselho.

"O deputado Eduardo Cunha, mesmo afastado, continua manobrando, e forte", disse Araújo a jornalistas, pouco antes de sessão do conselho para leitura de parecer sobre representação que pede a cassação de Cunha.

"Seus tentáculos continuam nesta Casa", disse.

Na conversa com o procurador, Araújo brincou e disse que só teria Janot e o papa para apresentar suas queixas. O procurador teria respondido ao deputado que seria melhor que ficasse com o papa.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos