Menino japonês abandonado pelo pais como castigo é encontrado vivo e sem ferimentos

Por Elaine Lies

TÓQUIO (Reuters) - Um menino japonês abandonado em uma floresta por seus pais após ser mal-criado foi encontrado vivo e sem ferimentos nesta sexta-feira, quase uma semana após seu desaparecimento gerar uma grande operação de busca que repercutiu pelo país.

Yamato Tanooka, de 7 anos, foi encontrado em um prédio de uma base militar japonesa a cerca de quatro quilômetros de onde desapareceu no sábado, após seus pais o deixarem na encosta de uma rodovia, no que teria sido um castigo por jogar pedras em carros, segundo reportagens.

"Um de nossos soldados se preparava para exercícios nesta manhã e abriu a porta do prédio da base, e então ele estava lá", disse um membro das forças de autodefesa do Japão à TV NHK.

"Quando ele perguntou 'você é Yamato?', o menino disse que sim. Então ele disse que estava com fome, e o soldado deu água, pão e bolinhos de arroz para ele".

Yamato foi levado para hospital para exames, mas estava saudável, exceto por baixa temperatura corporal, e irá passar a noite por precaução, disse um médico durante entrevista coletiva.

O pai do jovem, Takayuki Tanooka, agradeceu aos membros das equipes de resgate pelos esforços e pediu desculpas por ter causado problemas.

"Refletimos sobre o que fizemos e foi realmente excessivo", disse Tanooka.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos