Aeronaves sírias e russas intensificam bombardeios em Aleppo

AMÃ (Reuters) - Cerca de 50 bombardeios atingiram as áreas controladas pelos rebeldes e em torno da cidade síria de Aleppo neste domingo, em uma das incursões recentes mais pesadas feitas por aeronaves dos governos russo e sírio, disseram moradores e monitores do conflito.

Os rebeldes também atingiram áreas de Aleppo controladas pelo governo, no que a imprensa síria disse ser uma escalada de ataques com morteiros sobre os distritos ocidentais da maior cidade do país antes da guerra.

De acordo com a imprensa estatal, insurgentes dispararam mísseis de Hamadaniyah, Midan e de outros locais próximos, deixando ao menos 20 mortos, a maioria civis, no segundo dia de bombardeio intenso sobre as áreas controladas pelo governo, o que causou cerca de 24 mortes no sábado.

No setor leste da cidade controlado pelos rebeldes, o Observatório Sírio para os Direitos Humanos disse que dezenas de bombas de barril - tambores de óleo ou cilindros carregados com explosivos e estilhaços - foram jogadas por helicópteros militares em vários distritos densamente povoados.

As incursões aéreas deste domingo ocorreram em sequência aos ataques de sexta-feira em áreas que moradores disseram ser os mais intensos em um mês.

(Reportagem de Suleiman Al-Khalidi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos