Milhares protestam contra premiê em Tóquio com eleição próxima

TÓQUIO (Reuters) - Milhares de manifestantes se reuniram no centro de Tóquio neste domingo para pedir que primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, renuncie e que seja derrubada uma lei permitindo que militares lutem no exterior, conforme se aproxima a eleição para a câmara alta do Parlamento japonês.

Os manifestantes, muitos deles idosos, se reuniram em frente ao Parlamento e em um parque próximo, segurando cartazes com dizeres como "Demita-se, governo Abe" e "Cidadãos mudam a política".

Na eleição no próximo dia 10 de julho, partidos de oposição esperam que manter a coalizão de governo de Abe sem a maioria dos 121 assentos em disputa na câmara de 242 membros.

Analistas dizem que o Partido Liberal Democrata e seu parceiro menor tem uma boa chance de sucesso.

Na câmara baixa, o partido de coalizão de Abe detém uma maioria de dois terços.

(Reportagem de Thomas Peter, Linda Sieg e Kiyoshi Takenaka)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos