Messi diz estar mais determinado do que nunca para vencer Copa América

BARCELONA (Reuters) - Lionel Messi está determinado a vencer a Copa América Centenário, nos Estados Unidos, e ajudar seu país a conquistar o primeiro grande título internacional em 23 anos.

Depois do vice-campeonato na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e na Copa América do ano passado, no Chile, a Argentina é a favorita para levantar a Copa América pela 15ª vez na história e primeira vez desde 1993.

"Esta Copa América é um torneio muito especial para mim, mais ainda após ter perdido a do ano passado na final. Por isso quero ganhá-la para a Argentina", disse Messi ao jornal Mundo Deportivo. Seus 37 gols em 45 partidas foram essenciais para o triunfo do Barça na Liga da Espanha e Copa do Rei nesta temporada.

O capitão da seleção argentina lesionou as costas em amistoso contra Honduras em 27 de maio e possui poucas chances de jogar nesta segunda-feira na primeira partida da equipe no torneio, contra o Chile, na Califórnia.

O atacante garantiu aos torcedores que a lesão não é séria. "Estou melhor", disse.

A Argentina também enfrenta Panamá e Bolívia pelo Grupo D.

Messi irá jogar a Copa América após uma semana complicada, na qual teve que viajar à Espanha para testemunhar em um suposto caso de fraude fiscal em Barcelona.

(Reportagem de Cindy Garcia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos